Sobre os noivos

Como é bom recordar! Conheça os detalhes da nossa caminhada até esse grande sonho do nosso casamento.

COMO NOS CONHECEMOS?

Nos conhecemos a moda antiga, em um lugar diferente com pessoas esquisitas hahaha, e lá estava eu embarcando em uma festa, chamada Rider Weekends, na Marina da Glória, com a minha amiga Nathalia Araujo e outras amigas que não encontrava há séculos. O cantor se chamava Crioulo, mas também não fazia idéia de quem era, quais eram as músicas e o estilo musical. Até que eu estava interagindo em uma das brincadeiras promovidas pelo evento, quando o Rigo começou a chamar pelo nome de Denise olhando para mim e eu obviamente não respondi, mas depois de algumas insistências, eu virei com um sorriso de quem quer ser simpática normal e respondi que não havia nenhuma Denise ali. Ok. O tempo passou, a festa foi chegando ao final até que eu ia embora e precisava vender os meus tickets de cerveja não consumidos. Foi nesse momento que ele surgiu na minha frente, bem na minha frente, e perguntei se tinha interesse em comprar. Mas ele não quis, porque tinha uma gravação às 6h da manhã do Bom dia Rio no Angu do Gomes e eu não tinha a menor idéia do que ele fazia lá. Até que sentamos, e conversamos, e não ficamos, enquanto minha amiga Nat se prontificou e saiu pela festa tentando vender os meus tickets (uma fofa). O Rigo, que no dia entendi que era Rico ou Igor, pegou meu face e entrou em contato depois da festa. Depois dali mantivemos contato pelo face, ele foi me convidando para vários eventos de carnaval, até que passou um tempo e finalmente marcamos um almoço no Botequim Informal, no Leblon. Conversamos e conversamos, ele me contou a vida inteira e quem o conhece sabe bem do que estou falando. E por mais que ele tivesse aquela barba e cabelos grandes no dia, cuja fisionomia lhe rendeu o título de COMENDADOR da novela Império da Globo (e fez sucesso no carnaval do RIO rsrsrs pq gosta pouco), ele foi me cativando aos poucos, e essa moda antiga de se conhecer até ficou interessante também. Bom, não ficamos ali e fomos nos encontrar a noite numa festa, novamente da Rider Weekends. Ele me buscou na casa de uma amiga e chegamos na festa um pouco tarde, mas foi a partir daquele primeiro beijo que não nos desgrudamos mais.

COMO VEIO O PEDIDO?

Com louvor, concluí a Emerj, e em meio as comemorações de formatura, ele me chamou para jantar no Dia dos namorados. Eu não sabia qual era o lugar, mas ele me pediu que eu fosse arrumada. Ok. Fiquei contente e empolgada por jantar em algum lugar especial. No caminho ele fingiu em parar numa pizzaria bem cafona e eu não acreditei, até que ele seguiu em frente e atravessamos o túnel rebouças em direção ao Jardim Botânico, e eu não fazia idéia de onde íamos. Até que ele virou o carro no Rubayat, com mesa pronta e decorada para comemorar o dia dos namorados. Lá pela sobremesa, ele fez uma declaração para mim e abriu a calça tirando da cueca uma caixa com a aliança e fez o pedido. Tive uma mistura de emoções, não sabia se eu ria de nervoso pela cena, se chorava, até que ele disse que o Mosteiro de São Bento já estava reservado tb e já tinhamos até o padre. Comecei a chorar. Foi lindo e emocionante! Amamos muito essa noite!!!

Imagem Sobre
Imagem Sobre